Uma palavra forte para nós Pregadores da Palavra !!!

Ah, irmãos pregadores, nós apreciamos imensamente os grandes santos de Deus do passado, os nossos missionários, mártires, reformadores, como Lutero, João Bunyan, Wesley, etc. Nós escrevemos as biografias deles, reverenciamos seus feitos, compomo-Ihes elogios e erguemo-lhes memoriais. Fazemos qualquer coisa, menos imitá-los. Apreciamos o sangue que eles derramaram, mas não deixamos que se derrame nem uma gota do nosso!
João Batista conseguiu ficar seis meses solto. Em nossos dias, numa de nossas cidades, nem ele nem Elias teriam vivido um mês. Teriam sido presos antes disso, lançados numa prisão ou num hospital de doentes mentais, acusados de julgarem os outros, e de não abrandarem um pouco sua mensagem.
Faz alguns anos um pastor pregou à porta de sua uma tabuleta com os seguintes dizeres: “Esta igreja experimentará um avivamento ou um funeral”.
É esse tipo de desespero que agrada a Deus e deixa o inferno desalentado. Loucura, diz você. É verdade. Uma igreja sóbria demais não tem valor algum. Nesses dias estamos precisando é de homens bêbedos com o poder do Espírito Santo. Será que Wesley, Whitefield, Finney, Hudson Taylor foram pessoas excepcionais? De modo algum. Se entendo corretamente o livro de Atos, eles eram homens muito normais.
Certa vez, alguns oficiais do Exército de Salvação escreveram a William Booth que haviam empregado todos os métodos possíveis para levar pessoas a Cristo; e nada. E Booth lhes respondeu sucintamente: “Experimentem chorar”. Foi o que fizeram, e experimentaram um avivamento.
As escolas bíblicas e seminários não ensinam seus alunos a chorar, e é claro que nem o poderiam. Essa lição só se aprende com o Espírito Santo. E qualquer pregador, por mais títulos e doutorados que possua, não conseguirá muita coisa enquanto não experimentar uma profunda amargura de alma por causa dos pecados que se cometem hoje. Uma oração que David Livingstone fazia sempre era: “Senhor, quando irá cicatrizar-se a chaga do pecado deste mundo?” E nós, acaso sentimos o peso da perdição da humanidade quando oramos?
Infelizmente, irmãos, não possuímos esse peso pelos perdidos. A maioria dos crentes conhece apenas uma longa seqüência de pregações, eloqüentes, sim, mas sem alma, sem lágrimas, sem ardor espiritual, e é tudo que os pregadores têm para oferecer hoje.
Por que tarda o avivamento? A resposta é muito simples. Tarda porque os pregadores e evangelistas estão mais preocupados com dinheiro, fama e aceitação pessoal, do que em levar os perdidos ao arrependimento.
Tarda porque nossos cultos evangelísticos parecem mais shows teatrais do que pregação do evangelho.
O avivamento tarda porque os evangelistas de hoje têm receio de falar contra as falsas religiões.
Elias zombou dos profetas de Baal, e debochou da sua incapacidade de fazer chover. Seria melhor que saíssemos à noite (como fez Gideão), e derrubássemos os postes-ídolos dos falsos deuses, do que deixar de realizar a vontade de Deus. As seitas anticristãs e as religiões ímpias desta nossa hora final constituem um insulto contra Deus. Será que ninguém fará soar o alarme?
Por que não protestamos? Se tivéssemos metade da importância que julgamos ter e um décimo do poder que pensamos possuir, estaríamos recebendo um batismo de sangue, tanto quanto recebemos de água e fogo.
As portas das igrejas da Inglaterra se fecharam para João Wesley. E um de seus críticos disse que “ele e seus tolos pregadores leigos — esses grupos de funileiros, garis, carroceiros e limpadores de chaminés — estão saindo por aí a envenenar a mente das pessoas”. Que linguagem abusiva! Mas Wesley não tinha medo nem de homens nem de demônios. E se Whitefield era ridicularizado nas peças de teatro da Inglaterra da maneira mais vergonhosa possível, e se os cristãos do Novo Testamento foram apedrejados e sofreram todo tipo de ignomínia, por que será que nós, hoje em dia, não provocamos mais a ira do inferno, já que o pecado e os pecadores continuam sempre os mesmos? Por que será que somos tão gelados e enfadonhos? É bem verdade que pode haver muito tumulto sem avivamento. Mas, à luz do ensino bíblico e da história da igreja, não podemos ter avivamento sem tumulto.  Rev.  Ravenhil

Anúncios
Categorias: Artigo | Tags: , | 6 Comentários

Navegação de Posts

6 opiniões sobre “Uma palavra forte para nós Pregadores da Palavra !!!

  1. silvio fernando

    Verídico, sem palavras.

    • Hélio Adão da Cruz Leite Junior

      Com certesa…
      Porem a sociedade em que vivemos esta muito mal acostumada, hoje se ve muitos correrem atraz de revelações por meio de irmãos usados pelo Espirito Santo, fazem filas enormes nas igrejas apos a mensagem… Mas perto esta o tempo em que ao envez de correrem atraz de profetas, faram o contrario. Temeram o momento em que forem abrir suas bocas para entregarem o que Deus quer, é chegado o tempo em que o Senhor exporá muitas coisas que estam encobertas aos nossos olhos.
      A pergunta que não quer calar é:
      _ Havera homens ou mulheres com coragem para obedecer ao Senhor, sem medo de serem reprimidos, abandonados, rejeitados…?
      Não posso falar pelos demais, mas eu respondo ” eis me aqui Senhor, evia-me a mim…”

      • cara vc falou e disse, o nosso grito de gerra de nos cristão deveria ser “sal da Terra” mais hj em dia ninguem quer mais saber de horar, c o anjo da igreja disser: Essa semana vai ter oração tal dia , infelismente naum aparecerá um numero agradavel, mais se disser: olha domingo vai vir o pregador tal, nosss dai a igreja entope de gente atras de bençauns e revelaçoes, parecem que estao adorando os pregadores, Jesus cura-nos!!!

  2. sandra sião

    É um texto muito bom. Dá para refletirmos bastante em nossas atitudes ministeriais. Precisamos resgatar o Herói da Fé que existe dentro de cada um de nós. Não dá mais para ficarmos omissos diante de tantas atrocidades.

  3. Thaylane Aguiar

    Muito, muito, muitoooo boom!!! É isso ai…! “Experimente chorar!”

  4. wagner cabral da silva

    esta palavra é alimento para nos que pregamos o evangelho, e eu estava presizando ouvir esta palavra obrigado meu amigo que Deus te abençoe.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: